EVILGAMBIT´S LAIR

Tengai Makyou Zero traduzido para o inglês – por evilgambit

Também conhecido como Far East of Eden Zero, é um dos grandes RPG´s do SNES que até entao encontrava-se restrito aos conhecedores do idioma japonês.

 

 

Tengai Makyou Zero, desenvolvido pelo time principal da Red Entertainment (responsáveis por clássicos consagrados no PC-Engine como Lords of Thunder, série Bonk e a própria série Tengai Makyou) e distribuído pela Hudson, foi lançado para o Super Famicom em 1995.

A série é baseada no folclore japonês “Jiraiya Gouketsu Monogatari” (algo como O Conto do Corajoso Jiraiya) e foi adaptada para peças Kabuki no séc. XIX e posteriormente para livros, mangás e videogames como o PC-Engine, SEGA SATURN e várias outras plataformas.

Tengai Makyou Zero é o quarto jogo da série e conta a história do jovem Higan, que vive no Japão medieval e acaba por descobrir que detém poderes para deter o maligno demônio Ninigi. Pelo caminho encontra alguns aliados importantes como a fada Subaru e o espadachim Tenjin. Típica aventura japonesa regrada com bons textos, musicas e gráficos.

 

Trata-se de um RPG clássico da geração 16-bits, as batalhas ocorrem em primeira pessoa como na série Dragon Quest mas com os protagonistas vistos na tela de batalha (algo semelhante a Phantasy Star VI do Mega Drive). As batalhas são aleatórias e existem muitas cidades, vilarejos, cavernas e segredos para serem descobertos. O sistema de habilidades não depende apenas de “grind level” já que para aprender novas magias deve-se encontrar os eremitas pelo Japão Medieval.

O que torna esse jogo realmente singular reside em suas características técnicas: Tengai Makyou Zero é um dos poucos jogos do SNES que faz uso do chip de descompressão de dados SPC7110 que possibilitou aos desenvolvedores incluir uma quantidade muito grande de dados, leia-se grande variedade de monstros, musicas (com qualidade excepcional) e toneladas de textos. O chip ainda possibilita o uso do “relógio e calendário em tempo real”, recurso que resulta em diferentes eventos que vão surgir no decorrer da história envolvendo datas especiais (como aniversários) e estações do ano.

 

Esse mesmo chip de descompressão de dados impossibilitou, por anos, o “romhack” da ROM para extrair dados, modifica-los e possibilitar a tradução para o inglês. Demorou 20 anos para que os melhores entusiastas da cena de tradução de jogos pudesse finalmente incorrer em tal feito e merece especial atenção o honorável Byuu que conseguiu extrair os textos do jogo, de forma intacta, para que o trabalho pudesse ser concluído.

Todo o aspecto técnico peculiar de Tengai Makyou Zero tem um preço, para jogar a ROM devidamente traduzida é necessário recorrer (por enquanto) a emuladores especiais como o Higan ou o BSNES.

 

 

Segue abaixo tudo que irá precisar para jogar Tengai Makyou Zero em inglês:

– Baixe a ROM clicando aqui.
– Baixe o patch de tradução clicando aqui. (.ips + arquivos XML e BML)
– Vá ao site oficial do emulador HIGAN clicando aqui.
– Leia o TXT incluso no patch de tradução para jogar com a tradução

 

 

Abaixo uma pequena amostra da beleza deste jogo.

 

 

5 comentários

5 Comentários

  1. Postado por evilgambit em 10/12/2017 16:44
  2. Postado por Victor em 15/12/2017 12:43

    É possivel rodar no snes por algum ever drive?

  3. Postado por axellslade em 19/12/2017 18:08

    Evil, não achei a ROM no PlanetEmu, mas no EmuParadise tem!

  4. Postado por Jonas em 26/12/2017 08:00

    Eu sou um homem simples. Eu vejo “SNES” e “RPG”, e eu jogo.

  5. Postado por Thiago em 5/01/2018 14:26

    vc conseguiu terminar esse jogo? em média quanto tempo dá pra terminar?

Deixe um comentário (construtivo)

Mexico