EVILGAMBIT´S LAIR

Yakuza Kiwami é um bom remake – por evilgambit

O primeiro Yakuza ganha a merecida releitura no Playstation 4.

 

 

Yakuza, desenvolvido pela SEGA, foi lançado no distante ano de 2005 para o Playstation 2. Alardeado injustamente como um sucessor de Shenmue e pior ainda como clone japonês da série GTA, à época esteve longe de merecer o devido crédito por sua qualidade inquestionável.

Mesclando elementos de exploração, evolução de personagem típicos de JRPG´s, um sistema de porradaria extremamente divertido e gratificante, uma história adulta e densa temperada com inusitadas intervenções paralelas envolvendo o cotidiano ímpar da metrópole japonesa de Tóquio, Yakuza ganhou inúmeras sequências e “spin-offs”.

 

O remake para o Playstation 4 utiliza uma versão refinada do motor gráfico introduzido em Yakuza 3 (no Playstation 3) e o resultado disso é um jogo com visual competente e bastante superior ao original do Playstation 2. Todo o visual foi reconstruído levando em consideração a contagem poligonal, efeitos e texturas disponíveis atualmente e toda a trama foi redublada, cabendo salientar que é a primeira vez que os consumidores ocidentais poderão jogar o primeiro jogo da série com a dublagem original japonesa.

Dentre as novidades, eu destacaria:

– A história tem certa expansão se comparado ao jogo de 2005. Algumas cutscenes extras, maior envolvimento do Kazama, por exemplo, e certas partes que no original se não ficam subentendidas, são omissas, como a participação do clã do Majima na porção central da trama, agora ficam bem mais evidentes no remake.
– Falando nisso, Kiwami dá sequência a atenção que Yakuza Zero deu para a personalidade do Nishikiyama, o amigo “irmão” do Kazuma. Através do jogo é possível acompanhar a transformação do personagem no impiedoso vilão do da trama.
– Muitos extras e implementos que deram certo no Zero, como os estilos de luta, o minigame do Majima (hilário), sidequests do original e mais algumas novas, duas casas de hostess e muito mais.
– O jogo está muito bonito, mas no geral achei Yakuza Zero mais bonito.

 

Kiwami tem um “problema”, por ele ser nada mais que um remake do original de 2005 a história é curta se comparado aos demais da série (apesar da quantidade absurda de conteúdo “extra), você só pode jogar com o Kazuma e a história em si é mais simples e mais fechada, dá a entender inclusive que originalmente eles nem planejavam tantas sequências assim, já que personagens muito bons morrem sem qualquer receio.

É um bom jogo, a porta de entrada definitiva para novatos na série é Yakuza Zero, comprar Yakuza Kiwami é a consequência disso.

 

 

Para ilustrar a riqueza e beleza desses jogos, eu acabei encontrando esse bom vídeo que argumenta sobre os pontos positivos de Yakuza Zero (mas que vale para toda a série). Vale a pena assistir!

 

 

 

Yakuza é assunto recorrente na EGL:

Minhas impressões sobre Yakuza Zero (Sim, eu to devendo uma análise completa)
Análise para Yakuza 2
Análise para Yakuza 3
Trailers e informações sobre Yakuza 6

 

 

Sem comentários

Ainda não há comentários para esta postagem

Deixe um comentário (construtivo)

Mexico